face rabisco ask me subs twitter
THEME ©

Eu sou paranoico quando o assunto é você. Não posso te ver me olhando de canto, vindo me cumprimentar ou simplesmente olhando na minha direção — mesmo que não seja pra mim — que já começo a achar que você pode, de uma maneira ou de outra, sentir o mesmo por mim. Ou pior, começo a achar que podemos realmente dar certo. Cada gesto seu vai significar um mundo de coisas, vai me fazer pensar e achar milhares de dramas e exageros. E por essas e outras razões, eu tenho medo de criar expectativa demais, de acabar me iludindo mesmo que não haja nada. Mas se isso acontecer — ou estiver acontecendo — eu não vou poder evitar. É mais forte que eu… Gosto da forma como você acelera meu coração, e de quando você o acalma também.

Caio Fernando Abreu.   (via inverbos)


This time we’re going to be so much better together. We already are.


É uma história antiga e uma coisa boba de acreditar, mas dizem que quando alguém está destinado a encontrar outro alguém, podem haver milhões, uma multidão infinita, mas essas duas pessoas vão se encontrar. Às vezes, se procuram por anos, vidas, mas se são pra ficar juntas, vão ficar. Não vão existir contras, não haverá mundo capaz de para-los. Porque não há força maior do que um sentimento correspondido. Mesmo que não acredite em outras vidas, algumas almas viajam, esperam, e apenas quando se encontram, são realmente felizes. Só quando finalmente se completam, podem passar a eternidade toda juntos, sem ter que procurar, sem ter que esperar, sem “talvez amanhã”, ou “talvez não seja a pessoa certa”. Você vai ter a certeza, assim que olhar para a pessoa pela primeira vez. Podem dizer, e eu concordo em partes, talvez realmente não haja “amor a primeira vista”, mas você não sabe quantas vidas aquelas pessoas já se esperaram antes de enfim se apaixonar novamente nessa.

A culpa é mesmo das estrelas?  (via inverbos)




O problema é que a gente espera, né? Das pessoas. Das palavras delas, de tudo.

Tati Bernardi (via readmitir)


E quando você simplesmente não fizer mais a questão de lembrar do passado, a vida se encarrega de apagar e escrever uma nova história.

Gramaticas.   (via nevou)